Muito prazer, hidromel.

CloseNo mês passado, primeiro de Junho para ser mais exato, eu fui convidado para ministrar uma palestra em Venâncio Aires – RS em um encontro de hidromeleiros organizado pela CERVALE E ASH. O objetivo era falar sobre a atual situação do mercado brasileiro de hidroméis e do que seria necessário para avançarmos neste cenário.

Lá em 2012 quando comecei este blog, não era possível imaginar o quanto o hidromel cresceria e quanta gente teríamos envolvido nesse mundo fantástico. O hidromel deixou de ser um completo desconhecido e qualquer pessoa que leia um pouco mais sobre bebidas, de maneira a explorar novos mundos, já encontrou alguma coisa sobre hidromel em um canto ou outro. Porém estamos falando de pessoas que são interessadas em bebidas e que procuram estas informações. Sejam elas curiosas por conteúdos etílicos ou mesmo pessoas que produzem um bebida artesanal e querem expandir o leque de opções ou ainda alguém que teve contato com o nome hidromel e acabou pesquisando mais por curiosidade. O fato é que, o hidromel hoje não é mais apenas uma bebida para curiosos e para produtores caseiros, há todo um mercado de produção profissional sendo criado e buscando espaço, agora mesmo, enquanto você lê estas linhas e para as pessoas que interessam a este mercado o hidromel continua, sim, sendo um ilustre desconhecido.

Nosso precioso néctar ainda é tido como bebida de mundos fantasiosos, povo viking, relacionado com RPG ou outras coisas do gênero, falta uma demonstração mais clara para o mercado consumidor do que o hidromel realmente é e do que ele pode vir a ser. Ainda temos o problema de que o hidromel é uma bebida tão diferente de tudo o que o povo tem à sua disposição atualmente no mercado que é difícil explicar para alguém que o hidromel não se parece nem com o vinho, nem com licores, nem com pinga com mel e etc. E não parece com nada disso de fato. O hidromel é uma bebida com personalidade única e pode alcançar uma imensa quantidade de aromas e sabores distintos, sem sequer precisar ser sempre doce (outra associação comum dado a bebida ser feita a base de mel).

downloadAté esse ponto não há realmente nenhuma grande novidade, o que há aqui é um chamado para que todos que realmente se interessam pelo hidromel, comercialmente ou não, ajam de maneira a divulgar o hidromel para as pessoas à sua volta de maneira a apresentar a bebida corretamente a elas. Sem associações com outras bebidas pois, afinal, o hidromel não é outra bebida senão ele mesmo. Você produz hidromel? Apresente para os amigos. Conhece quem produza comercialmente? Compre uma garrafa e compartilhe a experiência com amigos. Vai participar de um jantar? Surpreenda levando uma garrafa de hidromel. Ajude a espalhar de maneira correta e isenta o que é essa fantástica bebida.

Se você é produtor profissional trabalhe mais em prol da bebida, sei que vender e lucrar para fazer a roda girar é extremamente importante, mas já pensaram em organizar mais degustações guiadas, conversar com restaurantes para colocar hidroméis harmonizados com os pratos da casa, organizar mini-feiras com produtores locais (sim, tem que deixar a birra com o colega de lado, senão o todo não cresce!).

De acordo com o MAPA (Ministério da Agricultura e Planejamento Agrário) existem no Brasil (dados de junho/2019) 24 empresas devidamente registradas para a produção e envase de hidromel, sendo 8 no RS, 5 em SP, 4 no PR e SC, 1 em AL, MG e ES. Isso são apenas as empresas, marcas podem ser um número muito maior que isso, pois por exemplo, eu trabalho em uma vinícola onde produzimos hidromel para terceiros e já produzimos para 6 diferentes marcas. Isso me mostra que existem muitos empreendedores apostando no hidromel para serem suas estrelas e se já temos tantas empresas assim produzindo porque ainda não vemos o hidromel com maior frequência nas prateleiras e mesas por aí? Acredito fortemente que além da falta de divulgação adequada ainda temos um enorme preconceito jogando contra a bebida, principalmente vindo das comparações com outras bebidas citadas anteriormente. Temos que criar um público que goste do hidromel por aquilo que ele é e isso demanda trabalho de formiga, onde temos que trabalhar pessoa por pessoa e assim chegar a um público expressivo em algum lugar em um futuro próximo.

Produtores profissionais também deveriam (minha opinião) buscar sempre a excelência em suas produções – sim, sei que custo é fundamental e também sei que naturalmente o hidromel vai se estratificar em diferentes níveis de qualidade ao longo do tempo – mas nesse primeiro momento de surgimento do setor temos que causar o melhor impacto possível nos futuros clientes. Estamos em um momento brilhante no cenário de produção de hidromel e temos tudo para estarmos na vanguarda desse maravilhoso mundo que se descortina. Juntem-se hidromeleiros, a causa é o hidromel, antes de tudo.

Um abraço a todos e ótimas fermentações.

Luis Felipe de Moraes – Pompéia Hidroméis.  



Categorias:Hidromel

Tags:, , , , ,

9 respostas

  1. Baita!!! Grande Luis. Só temos a agradecer pelo trabalho desenvolvido até aqui, e principalmente o respeito com essa preciosidade!!

    Grande abraço meu fofuxo!!!

    Curtir

  2. Ótimo texto Luis! Não sabia que já existiam tantas marcas comerciais no Brasil.

    O único ponto negativo que vejo nessa ascensão do Hidromel é que alguns produtores só estão preocupados com o lucro e não ligam para qualidade do produto. Já comprei Hidroméis na internet e em eventos que eram intragáveis, da mesma forma que algumas pessoas já me relataram a mesma experiência.

    Quando uma pessoa vai experimentar a bebida pela primeira vez cria-se toda uma expectativa e se ela se depara com um Hidromel mal clarificado, com gosto de fermento, álcool superior ou qualquer outro defeito ela vai criar criar um imagem negativa sobre a bebida e dificilmente vai procurar o Hidromel novamente.

    Espero que esses novos produtores comerciais que estão surgindo no mercado tenham consciência e prezem também a qualidade do Hidromel, não somente o lucro!

    Curtir

  3. Excelente texto! Parabéns!

    Curtir

  4. Oi Luís Felipe! Cara, parabéns pelo trabalho, Gratidão mesmo, tá me salvando! Quando terá um curso aqui no Rio? Saúde e vida longa Túlio Gomide

    Curtir

  5. Eu acho que o que ta faltando é o pessoal que esta envolvido nisso, e me desculpe pela sinceridade inclui voce Luis disseminar de forma menos “complicada” eu faço hidromel desde 2009, no momento dei uma parada pois estou estudando um pouco mais sobre a produção de cerveja e tenho me dedicado nos últimos 2 anos, mas quando vejo os seus vídeos vejo um apresentação complexa de tudo, falta abrir mais alguns assuntos, me lembro de um tópico sobre sanitização a forma de diluir o iodofor é simples, “0,8 ml pra cada litro de água” no vídeo você deu umas 20 voltas “particular por milhão” ninguém quer saber isso, o calculo simples quantos ml´s ou kg por litro de água ou algo do tipo, no começo quando via matérias sua e vídeo eu desistia e ia procurar material gringo, do fundo do meu coração cara, não é maldade minha, mas seja mais objetivo e eu sei que você ganha dinheiro com isso, mas por favor… faça crescer essa cultura legal sem intenções comerciais, ok? não precisa responder o meu tópico assim como outros que você nunca respondeu de dúvidas que tive… e sim, parabéns pela coragem de propagar de alguma forma uma cultura que não conhecíamos, esse mérito é seu sim… abs

    Curtir

    • Meus conteúdos não tem complexidades desnecessárias, mas informações para quem quer fazer sabendo o que está fazendo, para qualquer outra maneira de produzir hidromel diferente dessa é só seguir receitas, que só neste site tem mais de 40, aliás todas gratuitas como todo o conteúdo desse site, que somam mais de 300 artigos, fora os vídeos no YouTube.

      Curtir

  6. Parabéns pelo excelente trabalho!

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: