Hidromel – 5 anos de encontros nacionais!

0365bd9a-b38b-496b-940a-a9737c55610dEsse ano o hidromel no Brasil passou por uma data simbólica e de grande importância: os 5 anos que temos no país um Encontro Anual de Produtores de Hidromel Artesanal.

O encontro que começou de um jeito levemente bagunçado foi tomando forma e completou seu aniversário de meia década com uma pousada toda reservada, uma excelente série de palestras e uma excelente confraternização entre os participantes (mais de cinquenta!), isso tudo regado a uma maravilhosa costelada fogo de chão – que na verdade era costela, pernil suíno e ovelha. O evento foi localizado na belíssima cidade de Nova Petrópolis, pequeno município turístico encravada na Serra Gaúcha.

525ed29c-5fbb-4b00-a818-1db4e84afbb3O primeiro encontro aconteceu em dezembro de 2013 em Curitiba – PR, utilizando um restaurante que cedeu parte do espaço para o evento, pessoas vieram de vários estados brasileiros trouxeram dezenas de hidroméis. Foi o primeiro contato entre pessoas de uma mesma tribo, mas que estavam separados fisicamente. Algumas amizades forjadas naquele dia durariam até hoje! O segundo encontro aconteceu em São Paulo capital aos moldes do primeiro encontro, com presença de vários dos participantes do primeiro encontro. O terceiro foi em Belo Horizonte, onde além da confraternização, houve o aluguel de um espaço dedicado, recomendações de hospedagem, contratação de cozinha profissional (Saudoso Rima dos Sabores) e pela primeira vez aconteceu uma série de palestras técnicas sobre hidromel. O quarto encontro foi praticamente a beira mar na cidade de Salvador mantendo os moldes do terceiro, com local próprio, alimentação dedicada e as palestras que grandemente engrandecem estes encontros.

24232953_1748211851917847_2732724706054780216_n

E agora tivemos o encontro de Nova Petrópolis – RS, o que mudou? Muita coisa! O último encontro mostrou que os produtores caseiros estão levando o nível das produções para um patamar muito mais elevado do que se via nas primeiras edições. Não é apenas o número de amostras que aumentou, mas principalmente a qualidade das mesmas. Em geral os hidroméis com problemas de clarificação estão desaparecendo, mostrando um cuidado extremo com a aparência das criações e notei também uma mudança na postura em relação à criação das receitas que são mostradas no evento: Estão reduzindo o número de ingredientes e focando mais na qualidade! Isso é muito interessante de se notar, pois vê-se que estão buscando primeiro o domínio do processo para depois correr atrás da extravagância. Um dos grandes diferenciais adicionados aos encontros foram as palestras técnicas que começaram em 2015 no dasdencontro de Belo Horizonte – MG, desde então as palestras estão presentes engrandecendo também o conhecimento coletivo sobre nossa adorada bebida. As palestras desse ano não foram menos especiais e tivemos alguns convidados que contribuíram tanto para o produtor caseiro com palestras sobre o funcionamento dos concursos sancionados pelo BJCP (Beer Judge Certification Program) apresentada por Christiano Bonete, uso de madeiras na produção de hidromel muito bem explicado pelo Marcos Odebrecht Jr., uma grandiosa palestra sobre mel e ainda sobre leveduras pela fantástica Renata Medina.  Quanto para aqueles que querem futuramente se enveredar pelo mundo da produção industrial eles puderam aproveitar além das palestras já citadas, um excelente bate papo sobre registro de marca apresentado em detalhes por Henrique Correa Leite e também um grande bate papo sobre o MAPA e a visão do mesmo sobre o hidromel, palestra esta apresentada por Alinne Bernt, fiscal do MAPA-RS.

24796458_1748211188584580_266218662108034857_nO espírito de união e amizade dos produtores também é algo que se nota com alegria. O Encontro Anual de Produtores de Hidromel Artesanal se transformou antes de tudo em um reencontro de amigos que o hidromel uniu e que tem, na maioria das vezes, apenas essa oportunidade no ano de se reencontrarem pessoalmente. O autor mesmo, passou grande parte de seu tempo conversando com amigos que a tempos não via. Pode-se observar no encontro o surgimento de parcerias e dezenas de idéias. O encontro realmente dá uma energia extra para a movimentação do mundo hidromeleiro no Brasil e é possível ver a roda girando mais velozmente após os encontros.

O encontro serviu imensamente para fortalecer conhecimentos e reforçar laços que já existiam, mas principalmente para trazer pessoas novas para o mundo do hidromel. Ouvi de várias pessoas que participaram pela primeira vez o quando gostaram de ter a oportunidade de mostrar seus hidroméis para outras pessoas e coletar diferentes opiniões e ainda provar uma grande quantidade de hidroméis e criar várias referencias para produções futuras. No encontro não tem ninguém melhor que ninguém, todos estão ali com suas criações para compartilhar e festejar o que torna o ambiente perfeito para integração do pessoal.

O que também cresce com os encontros e que cresceu muito ano a ano é a visibilidade que o hidromel alcança com esses eventos. Nota-se que mídias sociais replicam em enormes quantidades fotos e depoimentos sobre o evento. Pessoas que fazem a diferença no mundo das bebidas artesanais estão de olho nessa movimentação.

Esperamos que esse encontro faça ainda muitos aniversários, que venham 10, 20, 50, 100 anos! Que o hidromel tenha espaço para crescer sempre no país e além dele.

Um abraço a todos e ótimas fermentações. 

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidroméis.

*Fotos no artigo e abaixo de autoria de Cintia Leite.



Categorias:Eventos, Hidromel

Tags:, , , , , ,

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: