Tej – Hidromel da Etiópia

imageQuando falamos em hidromel sabemos que estamos falando de uma bebida que é ancestral, que tem suas origens perdidas no tempo ao ponto de sequer os arqueólogos não conseguirem determinar uma data para sua origem. Hoje quando falamos de hidromel a grande maioria das pessoas pensa em VIKINGS, esse povo tornou a bebida um símbolo em seu tempo. Mas o hidromel é muito mais velho que isso, muito mesmo. E talvez uma das civilizações mais antigas do mundo que ainda mantenha uma produção tradicional de hidromel é a Etiópia!

Tej

Os Etíopes produzem essa bebida a realmente muito tempo, existem traços de sua produção de mais de três séculos A. C.. E ao contrário do vinho que era reservado aos reis e grandes senhores o Tej sempre foi uma bebida popular entre aquele povo e ainda hoje é considerado a bebida nacional deles.

Gesho – o “lúpulo” etíope.

Produzido de maneira muito similar ao hidromel feito aqui no Brasil eles tem ainda um segredo: o Gesho essa erva é usada no Tej quase como o lúpulo é usado na cerveja, é essa planta (Rhamnus prinoides) que dá o “punch” que a bebida deles tem em particular.  Eles fervem a planta e misturam  extrato obtido no mosto do hidromel, essa planta empresta um toque de amargor e  de aromas terrosos. Eles também a usam em uma cerveja Etíope chamada Tella.

O Tej é produzido principalmente pelas mulheres e elas também são as principais avaliadoras do resultados! Lá são elas que decidem se ficou bom ou não! Outro fato interessante: A Etiópia é o quarto maior produtor mundial de mel e mesmo assim 80% da produção fica no país e quase tudo destinado a produção do Tej.

A Etiópia é o 4º maior produtor de mel do mundo!

A receita para um Tej de alta qualidade é  mel puro, e Gesho cultivado a mão nas regiões mais altas do país e como o nosso hidromel pode levar vários meses para ficar pronto, lá eles também evitam usar qualquer adição química como sulfitos.

Apesar de ser produzido também por empresas em larga escala o Tej é sobretudo feito em casa e muitos turistas que visitam o país preferem as versões caseiras e tradicionais do que as industrializadas. Os Etíopes consomem seu néctar nas refeições, como cocktail e puro. Como na Irlanda os noivos do país também brindam com Tej e claro, é a melhor bebida para acompanhar a temperada cozinha local, também em algumas descrições encontradas as pessoas dizem que a bebida é intensa, marcante, com uma excelente cremosidade de boca e um aroma muito adocicado e terroso. Bebida com personalidade forte!

Agora, se você conseguir colocar as mãos em uma garrafa de Tej, não deixe de pensar que quando tomar essa bebida complexa e cremosa você está tomando uma bebida que é feita da mesma maneira na casa da Etiópia a mais de alguns milênios, que provavelmente é a mesma bebida que alguns reis e rainhas do passado tiveram em seus copos. Com dizem os etíopes: Le tenachin ou À nossa saúde!

Tej

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidroméis!

 

Para ver outros artigos sobre o hidromel pelo mundo acesse:

Hidromel na Polônia – Tradição Secular

Hidromel na Irlanda

Hidromel na Lituânia – Parte da História



Categorias:Hidromel, Países Produtores

Tags:, , , , , , , , ,

4 respostas

  1. Sem dúvidas, fudido.

    Curtir

  2. Há meses procuro gesho pra comprar, infelizmente sem bons resultados =[

    Curtir

  3. Cade a receita?! ehehhe

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: