Receita Hidromel: Metheglyn Chai

Metheglyn on the way

Olá a todos! Depois de bastante tempo sem publicar receitas eis que encontro uma que acredito valer a pena. Um Metheglyn Chai, foi assim chamado por seu criador por ter sua principal fonte de taninos  sendo o chá Earl Grey Black, que vai emprestar além do tanino uma coloração âmbar para o hidromel.

 

Outra coisa interessante sobre essa receita é que o autor dá duas opções de leveduras e com o uso de uma deles ele pede para deixar o hidromel sobre as borras pós fermentação por cerca de 30 dias! Isso normalmente causaria autólise de leveduras no nosso hidromel, mas para essa receita ele diz que funciona.

Nessa receita também é feito o uso de blend ácido para regular a acidez final do seu hidromel. E a combinação de ingredientes que é bem exótica como você vai ver abaixo:

Ingredientes (para 20 litros):

  • 6,8kg de mel de excelente qualidade
  • 50 saquinhos de chá Earl Grey Black Tea
  • 7,5 colheres de chá de sementes de Cardamomo
  • 4,5 colheres de chá de Pimenta do Reino preta – Inteiras
  • 10 Cravos
  • 5 paus de Canela (se grandes) ou 10 se pequenos
  • 2 favas de Baunilha de Madagascar (abertas ao meio) 
  • 15 colheres de chá de gengibre ralado
  • 8 gramas de nutrientes
  • 5 colheres de chá de blend ácido
  • água mineral ou filtrada para completar 20 litros
  • Levedura Lalvin D-47: Apenas use esta levedura se você tiver como manter a temperatura de fermentação abaixo dos 20ºC durante todo o processo. Se optar pela D-47 também deve deixar o hidromel sobre as borras por cerca de 30 dias ao final da fermentação.
  • Levedura Lalvin 71B-1122 (mantenha a fermentação padrão, pode controlar a temperatura e mantenha longe de borras normalmente para evitar autólise de leveduras.)

Preparo

Aqueça o mel, mas evite deixar que a temperatura do mesmo ultrapasse os 60°C. Se quiser mantenha nessa faixa de temperatura por 20 minutos, isso vai ter um efeito de pasteurização no seu mel, o que eu acho desnecessário. Coloque o mel e a água no fermentador que você sanitizou perfeitamente antes de usar (se não sabe sanitizar leia nosso artigo), e mexa até dissolver completamente o mel.

Mexa bastante seu mosto para colocar o máximo de oxigênio possível ou use uma bomba de aquário com pedra difusora, ou oxigênio hospitalar puro (o melhor para oxigenar!) ou ainda use azeite de oliva (leia nosso artigo sobre isso!).

Coloque o chá, o cardamomo, a pimenta do reino preta, os cravos, a canela, a baunilha e o gengibre em um saquinho de voil ou outro que você possa usar para manter os ingredientes juntos e facilitar a posterior remoção dos mesmos, e coloque no mosto.

Reidrate as leveduras seguindo o nosso artigo ou siga as instruções do fabricante. Após esse processo coloque a levedura no mosto quando a diferença de temperatura entre eles não for maior que 10ºC.

Adicione 5 gramas do nutrientes de leveduras.

Lacre seu fermentados da melhor maneira possível.

Quando a densidade baixar 1/3 do total coloque o restante do nutriente (3 gramas).

Após o final da fermentação primária realize a primeira trasfega. Proceda com as demais trasfegas até que esteja totalmente clarificado e pronto para ir para a garrafa. Prove de tempo em tempo o seu hidromel para testar a intensidade dos temperos se em algum momento notar que um deles ou mesmo todos estão ficando potentes demais no seu metheglyn: remova do mosto!

Antes de engarrafar, prove seu hidromel e veja se existe necessidade de adicionar ou não o blend ácido. Se o hidromel estiver meio que empapuçando a sua boca/língua então um pouco de acidez pode ser bem vinda. O ideal é sempre que a acidez seja suficiente para dar uma leve limpada da sua boca fazendo com que ela esteja pronta para mais uma taça na sequência.

A maneira de regular a acidez é ir colocando uma colher de blend ácido por vez e provar. Repita isso com calma até ter alcançado a acidez ideal. Lembre-se: sempre se pode colocar mais ácido, tirar é mais difícil.

 

Terminado o processo engarrafe e seja feliz!

Um abraço a todos e boas fermentações!

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidroméis

 

Problemas na fermentação do hidromel? Clique aqui para ver o que fazer!

Outras Receitas: Hidromel de Chocolate com PimentaHidromel de Limão com AnizHidromel Tradicional SuaveReceita Hidromel Fácil JAOMMelomel de GoiabaHidromel Medieval VIISack HidromelCyser com CanelaReceita RhodomelMetheglyn Chocolate com café e baunilha,Hidromel de ChocolateHidromel Bouchet com AmoraMelomel de Pera,Vanilla HidromelMelomel de FramboesaMelomel de Abacaxi e Coco,Capsicumel – Hidromel com PimentaMelomel de LaranjaHidromel Tradicional 

Referência: http://www.homebrewtalk.com/f30/best-mead-recipes-362622/



Categorias:Hidromel, Receitas

Tags:, , , , , , , , ,

4 respostas

  1. Esta receita é linda, eu ainda estou com show mead’s. Até comentei com vc que os meus deram errados, porém já fiz um novo de apenas 5L ! Agora me diga, como se faz um Blend Ácido ? E como o cara mede a densidade com um Carboy, como ele tira amostras ? Valeu !!!

    Curtir

  2. Receita bacana , Felipe ja fez ou provou ? 7,5 colheres de cha de cardamomo nao é muito nao ?. 1 semente por litro ja “cobre” tudo , pelo menos no meu caso, com todo meu respeito a receita ok , so minha duvida mesmo. até mais.

    Curtir

  3. Consegue me passar a proporção para 5Litros?

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: