Receita Medieval – Torta de Carne Porco com Mel e Gengibre

Olá Pessoal bem vindos ao Pompeia Hidroméis!

Refeição digna de um Rei!

Ultimamente tenho pesquisado bastante sobre alimentação na época medieval e até mais antiga que isso e recentemente decidi colocar em prova algumas receitas produzindo-as o mais fielmente possível à maneira que eram feitas na época. Um exemplo maravilhoso e riquíssimo de receitas medievais é um livro deixado pelo rei Henry VIII da Inglaterra. O livro data do ano 1420 e contém muitas receitas usadas na época e é o livro do qual tirei a receita que vou passar para vocês!

Claro que como todo bom livro medieval, além do inglês antigo que tem que ser decifrado tem também a descrição das receitas que não ajudam muito. Porém com alguma paciência é possível chegar a um bom resultado, além de ser possível achar algumas receitas já interpretadas internet afora.

Nos tempos Medievais a comida do rei era repleta de caríssimas especiarias, ervas e as melhores carnes (Only the best for the King!), eram pratos de preparo simples porém de sabor delicioso. Apresentação não era lá um ponto forte da época. Mas pela simplicidade e sabor vale a pena testar!

A receita que eu fiz ontem em casa é uma receita de Torta de carne de porco com gengibre e mel. Muito, mas muito simples de preparar, também não é demorada e não quequer nenhum ingrediente que hoje em dia não se encontre facilmente.

Ingredientes (serve 4 pessoas):

Para a massa da torta:

Bem como essa receita é medieval eu procurei uma receita de massa podre também medieval (pelo menos era isso que a receita dizia)

  • 175 gr de farinha de trigo branca
  • 60 gr de farinha de trigo integral (ou farinha de rosca)
  • 75 gr de manteiga sem sal (manteiga, ok? se fosse margarina eu teria dito!)
  • 2,5 colheres de sopa de água
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta do reino moída na hora

Para o recheio:

  • 675 gramas de carne de porco cozida
  • 6 gemas de ovo
  • 2 colheres de sopa de gengibre (preferencia para gengibre fresco bem picadinho)
  • 120 ml de mel
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de imenta do reino moída na hora

Material

  • 1 Tijela para misturar as coisas
  • 1 forma de torta de 22 cm ou uma forma qualquer que você possa moldar a massa podre da torta

Opção: Você pode adicionar frutas desidratadas ou não na sua receita, pois elas combinam muito bem com carne de porco e a receita já tem o seu toque agridoce!

Preparo:

 Preparo da massa:

Deixe a manteiga fora da geladeira por pelo menos 1 hora antes do preparo da receita ou o tempo suficiente para que a mesma fique bem mole.

Misture, em uma tijela, as farinhas, o sal, a pimenta e a manteiga e com as mãos misture tudo até que a manteiga esteja totalmente integrada a farinha.

Coloque a água aos pouquinhos (tá eu sei que a quantidade já é pouca, mas se colocar demais fica muito mole, e de menos fica muito dura) e continue sovando a massa até que fique firme, mas sem estar mole ou dura demais. Se você colocou muito água e acabou mais mole do que queria, coloque por um tempo dentro da geladeira para que endureça.

Vá pegando a massa aos pedaços e molde na forma escolhida até que tenha altura suficiente para caber todo o recheio. Lembre-se de deixar essa massa bem fininha na forma pois ela é resistente e tem que sobrar para fazer a tampa da torta.

Preparo do Recheio:

Misture todos os ingredientes (carne de porco, mel, gengibre, gemas, sal e pimenta) na tijela e misture bem com as mãos. O recheio tem que ficar bem molhado, se não ficar, coloque mais gema de ovo (adicione uma a uma para não passar do ponto).

Coloque os ingredientes dentro da forma já com a massa moldada.

Coloque a tampa de massa.

Leve ao forno a 190ºC por 30-45 minutos ou até que fique dourada.

Sirva!

Considerações:

Delícia de prato!

Este prato fica inexplicavelmente bom! Eu não imaginava que os sabores iriam se integrar tão bem. O resultado é um prato que apesar de não ter um sabor tão intenso é extremamente agradável e parece que o gengibre deixa sua boca sempre salivando pronta para mais uma garfada! Aliás, apesar da quantidade o gengibre fica muito leve! Esse pratou vai ficar na minha lista de “fazer de novo” pois todos em casa adoraram!

Podemos dizer que o Rei Henry VIII da Inglaterra tinha excelentes pratos à disposição dele! Longa vida do Rei (e seu livro de receitas!)

Até o próximo artigo pessoal!

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidroméis

 



Categorias:Receitas Pratos Medievais

Tags:, , , , , , , , , , , , , ,

3 respostas

  1. Boa tarde Luis, qual carne você recomendaria para esse prato ?

    Curtir

  2. Boa tarde, cara… fuz essa torta hoje, um espetáculo, a textura do gengibre fico show de bola, na próxima vou adicionar damascos e ver no que dá, pincelei a parte de cima para ficar douradinho e selar melhor a massa.

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: