Melomel – Guia de frutas! Parte II

      Dando prosseguimento ao guia de frutas para melomeis.

      Tirando a maça e o abacaxi, na primeira parte do artigo, falei praticamente de frutas vermelhas. Porque a prioridade? Porque elas são as que unem, primeiramente, vários dos atributos que para um melomel bonito além de saboroso.

       O legal das frutas é que além de todas as alternativas que temos usando frutas individualmente nos melomeis ainda temos as oportunidades de criar usando misturas de frutas ou fazendo melomeis “varietais” e depois misturante eles como melhor desejarmos! Se quer mais informações sobre mistura (assemblage) de hidromeis clique aqui.

        Mas como não são apenas de frutas vermelhas vivem os melomeis. Vamos dar prosseguimento aos trabalhos:

        Cereja: Cerejas são frutas deliciosas, elegantes e saborosas ao mesmo tempo. Não consegue-se imaginar uma boa seleção de bolos sem que pelo menos um deles não ostente uma cereja sequer. Nos melomeis não costuma ser tão unânime, por sua delicadeza e pouca cor quando usada para esse fim. Mas se trabalhado em boas quantidades e com um mel mais delicado, pode ter resultados simplesmente surpreendentes.

        Manga: Fruta muito apreciada no Brasil, existe boa variedade desta fruta a disposição do produtor de hidromeis. Algumas das mais conhecidas: Coração de boi – essa variedade quase não tem fibra. É grande e arredondada e quando madura apresenta uma tonalidade vermelho escura, com polpa tenra e aromática, Manga Coquinho – De coramarelo esverdeada, pequena e arredondada, muito doce e quase sem fibras, Manga Espada – De forma alongada e achatada nos lados, cor verde (mesmo quando madura) e polpa muito fibrosa, Manga Rosa – Um pouco menor que a manga-aden, de cor amarelo-rosada e polpa fibrosa, Manga Palmer – os frutos possuem casca roxa quando “de vez” e vermelhos quando maduros. A polpa é amarelada, firme, de bom sabor e com pouca ou nenhuma fibra, Manga Tommy – fruto de tamanho médio para grande, com casca espessa e formato oval. Apresenta coloração de fruto atraente (laranja-amarela coberta com vermelho e púrpura intensos). A polpa é firme, suculenta e possui teor de fibra médio.

      Recomenda-se extrair o suco da manga para uso no hidromel.

      Figo: Verde ou arroxeada por fora e de um invejável dourado por dentro. Fruta bem suculenta e saborosa. Empresta para o melomel feito com ele uma coloração dourado-âmbar maravilhosa e o resultado é um melomel delicado e aromático. Ficar atento a acidez do melomel no caso de usar apenas figo.

      Coco: Sabor marcante, e usado em pratos principais, sobremesas e bebidas o colo não poderia ficar de fora do uso nos melomeis. Não empresta cor nenhuma, mas pode fazer par maravilhoso com outras frutas, nomeadamente o abacaxi que já é parceiro de tantas outras receitas. Cuidado em não exagerar no uso, pois o coco tem bastante óleo.

       Pera: Uso parecido com o da maça, mas talvez com um sabor mais delicado. A pera também tem seu fermentado próprio que em ingês chama-se Perry. No hidromel pode dar uma contrinuição enorme emprestando seus aromas e sabores. Principais variedades: Williams: Esta variedade é originária de Inglaterra e também se denomina de Bartelet, Guillaume, Barnet Williams, Delavault, Charles durieux e Doyenne Clément. O fruto é piriforme, simétrico e de tamanho médio. A casca é amarelo-dourado na maturação. A polpa é fina, com muito água, sendo muito açucarada e aromática.  É uma pêra de mesa, embora também se use para destilação. Anjou: A casca é verde a amarelo-esverdeado, mesmo em plena maturação. O fruto é doce, saboroso e com muito sumo.

       Muito bem e esta parte do artigo termina aqui. Ainda irei catalogar mais algumas frutas que são muito interessantes para uso nos melomeis e coloque no blog para vocês.

      Saúde a todos!

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidromeis

 


Categorias:Hidromel

Tags:, , , , , , , , ,

4 respostas

  1. Eu gostaria de saber sobre o uso da laranja no Hidromel… gostaria de dicas… na verdade eu tenho um que esta na etapa final da fermentação, daqui alguns dias vou engarrafar. Desde já agradeço. Abraço!

    Curtir

    • Boas Felipe!

      Laranja vai muito bem com hidromeis, mas colocar agoro, logo antes de engarrafar, não é uma boa. Vai voltar a criar sedimentos e vai atrapalhar o engarrafamento.

      Fruta coloca-se na primária ou logo após a primeira trasfega, assim tem tempo de o hidromel absorver os aromas e sabores e ainda sobra tempo para limpar antes de engarrafar

      Abraço,
      Luis Felipe – Meadmaker
      Pompeia Hidromeis

      Curtir

      • Bem, eu fiz exatamente isso, coloquei na segunda parte da fermentação, mas como esse é meu primeiro hidromel, fiquei meio com medo de ter feito errado.
        Hoje eu provei e descobri que coloquei pouco mel, eu já vi seus vídeos e você fala que pode colocar mais mel depois, mas como isso funciona bem certinho, como e que quantidade de mel colocar a mais eu ainda tenho duvida.
        Cara, um abraço e admiro seu trabalho, muito bom mesmo cara, parabéns!

        Curtir

      • Olá Felipe,

        Você pode fazer adição de mais mel após o fim da fermentação sem problemas, só tem que tomar cuidado com uma possível refermentação. Para se orientar melhor dá uma lida no Guia para fazer hidromel que tem no blog.

        Abraço,
        Luis Felipe – Meadmaker
        Pompeia Hidromeis

        Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s