Melomel – Guia de frutas! Parte I

Olá a todos! 

        Acreditanto que um dos estilos mais difundidos de hidromel seja o Melomel, decidi ser de grande valia escrever mais uma artigo sobre as frutas mais comumente utilizadas no mesmo. Claro que sempre vai haver uma enorme variação de região para região, dos diferentes climas e diversos outros fatores. Mas é sempre uma referência.

      As frutas parecem que formam um casamento perfeito com o hidromel e o resultado dessa união são os melomeis. As frutas podem ser um trunfo fantástico na produção de melomeis, pois você pode pegar emprestado inúmeras características das frutas que podem complementar sobremaneira a qualidade do produto. Quer um exemplo: a receita que postei recentemente: Valhala Vanilla Metheglin (veja aqui!). Ela usa sucos de frutas para conseguir ácido cítrico  e ácido málico, tornando desnecessária a adição destes de maneira artificial. O que para pessoas como eu é fantástico pois não sou muito fâ de adições artificiais. Lembrando que se você gosta, vai fundo!

       Vamos ver as frutas em maiores detalhes.

       Primeiramente vamos classificar as frutas.

       Frutas doces
       Ex.: acaí, banana, caqui, figo, fruta-pão, jaca, jatobá, lichia, maça vermelha, mamão, manga, sapoti

       Frutas semi-ácidas
      
Ex. ameixa, cacau, caju, carambola, cereja, fruta-do-conde, goiaba, graviola, jabuticaba, jenipapo, kiwi, maça verde, maracujá, pera, pitanga

       Frutas ácidas
      
Ex.: acerola, amora, cupuaçu, framboesa, groselha, laranja, limão, morango, pêssego, romã, tamarindo, uva.

       Frutas hiper-hídricas ou monofágicas
      
Ex.: melancia e melão – cuja composição é de 93% de água.

       Frutas oleaginosas
       Ex.: abacate, amêndoa, avelã, castanha-do-pará, coco, damasco, nozes

       Destas caterorias e destes exemplos de frutas citadas acima eu acredito que ví exemplo de receitas com todas. Isso para vocês terem ideia da versatilidade que existe em usar frutas para Melomeis. Porém se destacam mais as frutas doces, semi-ácidas e ácidas na produção de meloméis. As hiper-hídricas são complicadas por terem pouca intensidade de sabor, e consequentemente necessitar de muita fruta para se fazer notar. As Oleaginosas tem o complicador de que são Oleosas e isso pode se tornar complicado ao preparar a bebida e principalmente quanto a apresentação da mesmo após pronta.

      Agora vamos falar um pouco de algumas frutas em particular:

      Amoras: Seria a fruta mais usada na produção de melomeis? Provavelmente! Sempre que estou procurando receitas acabo me deparando com alguma receita de melomal de amora. Os Romanos tinham até um nome a parte para Melomel de Amora: Morat. Também pudera, empresta um cor maravilhosa, tem uma quantidade de acidez que é no ponto para o melomel e o sabor evolui muito bem com o tempo. Escolha ótima para um primeiro melomel. Uma leve adição de baunilha no melomel de amora pode deixar a coisa toda ainda mais interessante.

      Morangos: Uma das frutas mais populares do mundo. O morando tem sua acidez presente mas traz junto com ela uma delicadeza, uma elegância que não é apara qualquer fruta! Mas tem seus contratempos. O morango empresta menos cor e aroma que outras frutas. Normalmente eu uso o morango assim: uma parte na primária e o restante após a primeira trasfega. Tenho conseguido extrair mais aroma assim. A cor fica delicada. Um rosa-alaranjado. Digno de um belo vinho rosè! Empresta menos acidez que outras frutas também e se deteriora mais rapidamente no mosto. Aqui a baunilha também vai bem.

      Framboesas: Essa é um show. Cores, aromas, sabores, acidez, tudo nessa pequenina é excepecional. Portanto cuidado ao usar. Pode facilmente deixar seu melomel parecendo uma banana verde de tão adstringente. Fica com um cor pink intenso. Amacia maravilhosamente bem com o tempo. É sempre uma bela coisa de se ver e beber.

     Mirtilos:Apesar de ainda bem desconhecida dos brasileiros vem ganhando seu espaço. Tem uma cor azul escuro, quase roxo. É difícil de extrair cor no melomel, mas um truque, ferva o mirtilo por uma meia horinha antes de colocar no mosto e use a água da fervura junto. Isso ajuda muito na extração de cor e aroma. Para essa frutinha recomenda-se maior quantidade no uso já que a mesma é mais delicada. 

      Abacaxi: Fruta conhecidíssima dos brasileiros. Tem o ponto forte de ser extremamente aromática e saborosa, e empresta isso bem ao melomel. Se não estiver bem maduro pode ter a acidez muito viva. Então cuidado ao escolher o abacaxi na hora de fazer o seu melomel. Em relação a cor: O abacaxi é amarelo e o mel é dourado, então não tem muito o que querer em relação a cor. Vai ficar dourado e ponto. O que em uma garrafa transparente é sempre um show. Usar um pouco de coco aqui vai bem. Só cuidado com a oleosidade do coco! Hortelã,gengibre… enfim tem várias opções para compor com o abacaxi.

     Maças: São também muitíssimo usadas no mundo das fermentações. Primeiramente para fazer cidras onde atuam sozinhas. Mas se adicionar suco de maças ao seu mosto vai obter o que é chamado de Cyser (hidromel com maça!) E as maças em todas as suas variedades podem ser um campo quase inesgotável de recursos para seu hidromel. Existem maças boas para extrair acidez (ex: Granny Smith, Jonathan) outras para doçura (Fuji, Red Delicious, Golden Delicious). Então você pode ainda fazer uma mistura destas variedades para chegar a praticamente qualquer resultado! É algo de grande valia no mundo dos hidromeis. O suco das maças também pode ser adicionado em pequenas quantidades em outras receitas de hidromel para emprestar ácido málico e assim melhorar o equilíbrio de sua receita.

      Pessoal, essa é a primeira parte do artigo. Teremos continuação muito em breve.

      Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidromeis



Categorias:Hidromel

Tags:, , , , , , ,

7 respostas

  1. Pelo texto!
    No aguardo da segunda parte!
    Abraço!

    Curtir

  2. É possível fazer o melomel com uvas?

    Curtir

  3. Ola, Diante da sitacao de kiwi para a producao de um melomel, teria alguma sugestao Luis?
    Procurei mas nao achei muita coisa.

    GRato

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s