Melomel de Morangos – Doce

Lendo alguns fóruns de hidromel de fora do Brasil eu encontrei esta receita, bastante discutida no fórum, e gostaria de compartilhar com vocês. Depois de muito debatida aparentemente os foristas chegaram a uma receita muito interessante, vale a pena olhar com atenção.

Ingredientes
Fermentação Primária

  •  5,5kg de mel
  •  ½ Xícara de Uva Passa (ótima fonte de nutrientes para a levedura)
  •  4 Galões de água (aproximadamente. ok? Para fazer um total de 5 galões de hidromel)
  •  1 pacote de leveduras D47 ou 71B

Ingredientes da Secundária

  • 5,5 kg de morangos (se possível batidos)
  • 1,5 kg de Ruibarbo
  • 2 bagas de Baunilha ( eu particularmente acho demais! Colocaria apenas meia)
  • 1 Colher de Sopa de Tomilho (fresco de preferência, se for seco dobrar a quantidade)

Ingredientes para adoçar (Backsweetening – adoção depois de pronto)

  • 1 kg de mel (aqui na verdade você vai colocar de acordo com a doçura que você pretende)
  • Suco de morangos frescos para dar mais sabor

Preparo

Preparo o mosto para a fermentação primária conforme já explicado aqui no blog ou em dos meus vídeos na internet. Esse melomel inicial não deve demorar muito para terminar a fermentação, dadas as características das leveduras sugeridas e da quantidade de mel.

Após a fermentação primária, fazer uma trásfega e colocar os ingredientes da secundária, tomando muito cuidado com a limpeza dos mesmos, lave muito bem. Nessa faze, tire provas constantes do seu melomel para analisar se nada está ficando exagerado ou faltando um pouco de algum dos ingredientes, lembre-se que a sua intuição também tem que contar para produzir um bom hidromel. Realize ao menos uma trásfega após esta fase para que possamos passar a diante.

Back Sweetening. Pessoal essa técnica é muito usada na produção de hidromeis doces ou meio médios porque é mais fácil de controlar o quão doce você quer que a sua receita fique.

Eu particularmente gosto de verificar a minha levedura. por exemplo a 71B da Lalvin vai fermentar até conseguir certa de 12-14% de álcool de depois disso vai morrer, então eu deixo meu mosto com uma gravidade suficiente para que após atingir essa graduação alcoólica ainda sobre açúcar suficiente para deixar meu hidromel adocicado. Mas trabalhar com back sweetening pode ser tão produtivo quanto!

Muito importante lembrar que antes de adicionar mais mel para adoçar o mosto deve-se ter certeza de que as leveduras ou morreram ou entraram em dormência, senão corre-se o risco de entrar em nova fermentação.

Após adoçado o hidromel deverá passar por nova clarificação antes de engarrafar. Esta receita tem tudo para produzir um excelente melomel, eu particularmente estou com vontade de produzir um assim. Se eu iniciar faço um vídeo para vocês!! Saúde a todos pessoal.

Luis Felipe de Moraes – Pompeia Hidromeis 

 

Problemas na fermentação do hidromel? Clique aqui para ver o que fazer!

Mais receitas: Hidromel de Chocolate com PimentaHidromel de Limão com AnizHidromel Tradicional SuaveReceita Hidromel Fácil JAOMMelomel de GoiabaHidromel Medieval VIISack HidromelCyser com CanelaReceita RhodomelMetheglyn Chocolate com café e baunilha,Hidromel de ChocolateHidromel Bouchet com AmoraMelomel de Pera,Vanilla HidromelMelomel de FramboesaMelomel de Abacaxi e Coco,Capsicumel – Hidromel com PimentaMelomel de LaranjaHidromel Tradicional 



Categorias:Hidromel, Receitas

13 respostas

  1. Maravilhosa receita !! Mais só uma pergunta. Quando vc diz “Galão” se refere a galão de quantos litros ?? Abraços !!

    Curtir

  2. O que você acha de usar fermentos liquido? Pensei em usar o FERMENTO Líquido HIDROMEL Ale – BIO4.
    Pelo que li, parece ser bom, mas nunca usei fermento liquido.
    Como deveria proceder para usa-lo?

    Abraço.

    Curtir

    • Boas Evandro,

      Olha fermentos líquidos tem várias vantagens, pois o processo de preparo estressa menos a levedura e existe a possibilidade da produção de um starter onde você pode levar a população de leveduras para a quantidade desejada antes de usar. O único ponto ruim é que a validade delas é menor e a quantidade de células vivas decai rapidamente com o passar do tempo. Mas recomendo muito, e essa da Bio4 é excelente.

      Abraço!

      Curtir

  3. Boa tarde amigo. Queria fazer essa receita porem com uma medida de aproximadamente 5 L no total. Como eu faria a conta pra saber quanto de cada produto usar?

    Curtir

  4. Nossa cara, teu site, e os teus videos, são muito bons, você explica muito bem as coisas, desde receitas para iniciantes, como receitas mais avançadas
    quem assistir qualquer vídeo teu, fica com tanta curiosidade, e acaba fazendo, um…eu mesmo estou pensando em fazer o JAOM, só que eu gostaria de saber, se poderia colocar mais mel, eu tava vendo outra receita sua, Hidromel Suave, e fiz as contas que nessa, vai 4,4 kg de mel para cada 10 litros de mosto, e na do JAOM, vai 3,5 kg de mel para cada 10 litros…se eu colocar os 4,4 kg de mel no JAOM, vai dar certo?

    Obrigado desde já

    Curtir

  5. Boa noite Luis,consegui entrar no site novamente, estava tendo problemas no meu computador aqui. Parabéns pelo trabalho, adoro seus vídeos e suas receitas, percebe-se que você realmente tem prazer em fazer o que faz, e em passar as informações para todos. Parabéns mesmo.
    Uma dúvida em relação a esta receita do melomel de morango. Estou fermentando 20 litros aqui, e pretendo usar o biofine para clarificar. A dúvida é, vou colocar o biofine na secundária junto com os morangos? ou coloco os morangos, deixo mais um tempo, e depois coloco o biofine?
    Um forte abraço

    Curtir

Deixe um comentário!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: